Loading...
NOSSA PROPOSTA

Este blog é uma realização de jovens jornalistas da Universidade Salgado de Oliveira, em Niterói, trazendo o que acontece na cidade e adjacências nas áreas de educação, moda, cultura, lazer, esportes, política, economia, responsabilidade social e temas da atualidade, destacando o jornalismo comunitário.

Pesquisar este blog

quinta-feira, 2 de junho de 2011

AUDIÊNCIA PÚBLICA NA ALERJ DISCUTE EDUCAÇÃO ESPECIAL

Renato Landim

A Assembléia Legislativa do Rio realiza nesta sexta-feira, dia 3, às 10 horas, audiência pública na qual vai discutir a educação inclusiva, contida na meta 4 do Plano Nacional de Educação (PNE) 2011/2020. As Comissões da Pessoa com Deficiência e de Educação pretendem discutir com pais, alunos, professores e a sociedade em geral os pontos fundamentais desse artigo.

A meta 4,entretanto, não garante a permanência dos alunos com deficiência nas escolas especializadas, assim como nos Centros de Referencia, entre os quais o Instituto Nacional de Surdos (INES) e o Instituto Benjamin Constant (IBC). Além disso, não garante a opção da família quanto a modalidade de atendimento de educação em qualquer nível de ensino, obedecendo às necessidades específicas do estudante. De acordo com o deputado Márcio Pacheco, presidente da Comissão da Pessoa com Deficiência da Alerj, inclusão significa bem estar, por isso ninguém está de acordo com as propostas apresentadas pelo Plano Nacional de Educação. Para o parlamentar, as alterações precisam ser feitas para atender às necessidades dos alunos e todos os envolvidos com a defesa da pessoa com deficiência.

O plano elaborado pelo Ministério da Educação consta de 20 metas e pretende, em dez anos, tornar única a educação básica para crianças e jovens entre 4 e 17 anos, além do atendimento aos estudantes com deficiência.

Nenhum comentário:

Postar um comentário