Loading...
NOSSA PROPOSTA

Este blog é uma realização de jovens jornalistas da Universidade Salgado de Oliveira, em Niterói, trazendo o que acontece na cidade e adjacências nas áreas de educação, moda, cultura, lazer, esportes, política, economia, responsabilidade social e temas da atualidade, destacando o jornalismo comunitário.

Pesquisar este blog

quarta-feira, 30 de novembro de 2011

ATLETAS PARAOLIMPICOS DESFILAM EM NITEROI EM CARRO ABERTO DOS BOMBEIROS

Renato Landim

Os atletas paraolímpicos que acabaram de regressar dos Jogos de Guadalaraja terão um dia de herói, nesta quinta-feira, dia 1º. Os esportistas da Associação Niteroiense dos Deficientes Físicos (Andef) vão desfilar em caminhão aberto do Corpo de Bombeiros, com saída marcada para às 14h da sede da Associação no Rio do Ouro, passando pelas principais ruas de Niterói até chegar à Câmara Municipal, na Avenida Ernani Peixoto.

Uma das principais estrelas será o nadador Clodoaldo Silva, que, na primeira vez na classe S5, conquistou seis medalhas, sendo duas de ouro e quatro de prata. Além do “Tubarão”, estarão presentes João Luis de Castro Almeida, que colocou no peito duas medalhas de bronze e a estreante na competição, Camille Rodrigues, que arrebatou quatro medalhas, sendo três de prata e uma de bronze.

Também irão desfilar atletas medalhistas de ouro do vôlei sentado, que garantiram vaga nas Paraolimpíadas de Londres, em 2012, como Wescley Oliveira e Guilherme Borrajo. O halterofilismo será representado por Alexandre Gouveia, que ganhou bronze, e o basquete, por Írio Nunes, que obteve a quinta posição.

Na Câmara Municipal, os atletas será homenageados pelos vereadores e está prevista ainda uma apresentação do Grupo de Dança em cadeira de rodas Corpo em Movimento, entre outras atividades. Ao todo, os atletas da Andef ganharam 14 medalhas no Parapan do México. Na competição, o Brasil conquistou o bicampeonato no quadro geral de medalhas com 81 de ouro, 61 de prata e 55 de bronze, totalizando 197 medalhas.

Nadadores da Andef, em Guadalajara: João Almeida, Clodoaldo Silva e Camile Rodrigues (foto: Andef)


RIO ANUNCIA FEIRA DE ACESSIBILIDADE PARA 2012

Renato Landim

A ReaCess vai voltar ao Rio de Janeiro. Em solenidade hoje pela manhã no Palácio da Cidade, o Prefeito Eduardo Paes e a secretária da Pessoa com Deficiência, Georgete Vidor, anunciaram que a IV edição da Feira Nacional de Reabilitação, Inclusão e Acessibilidade está marcada para junho do ano que vem, no Riocentro.

A ReaCess é fruto da Feira Internacional de Tecnologias em Reabilitação, Inclusão e Acessibilidade, conhecida como Reatech, que ocorre em São Paulo, recebendo cerca de 45 mil visitantes por ano. Na Feira, várias empresas e instituições do setor montam stands mostrando o que há de mais recente para melhorar a vida do deficiente físico e integrá-lo à sociedade, e também ao idoso e ao obeso. A programação inclui palestras e atividades gratuitas com estimativa de receber um público de mais de dez mil pessoas.

Em entrevista à Rádio CBN, a secretária Georgete Vidor justificou o lançamento agora, pois, segundo ela, o evento desse porte é preciso de tempo para que os organizadores tenham tempo suficiente para se preparar.
Logotipo da ReaCess lançado hoje no Rio


terça-feira, 29 de novembro de 2011

AFRO BRASILEIROS GANHAM CARTILHA DESTACANDO SEUS DIREITOS

Renato Landim

A Ordem dos Advogados do Brasil, Rio, lança na próxima segunda-feira, dia 5, às 18h, a Cartilha dos Direitos dos Afro-brasileiros. O evento será no plenário Evandro Lins e Silva na Avenida Marechal Câmara, 150, 4º andar, no Centro. A iniciativa partiu da Comissão de Igualdade Racial da entidade.
Cartaz do evento no dia 5 na OAB-Rio

MENINA DEFICIENTE VISUAL É O GOL DE PLACA DE FRED

Renato Landim

Artilheiro do Fluminense, o atacante Fred marcou um golaço de solidariedade. Na partida deste domingo contra o Vasco, válida pelo Campeonato Brasileiro, no Engenhão, o jogador realizou o sonho de uma deficiente visual. Ao chegar no gramado, o atleta estava no colo com a menina catarinense Maria Clara, de seis anos, e ao conceder entrevista à TV Globo, ele se disse emocionado com o momento.

A história começou, na semana passada, em Florianópolis, quando antes da partida contra o Figueirense, Fred recebeu uma carta, em braile, escrita por Maria Clara, na qual revelava o sonho da menina. Após a partida em que marcou três gols, o camisa 9 iniciou os procedimentos para que a família de Maria Clara viesse ao Rio de Janeiro.

De acordo com o site do Fluminense, na última sexta-feira, ao chegar ao Rio, Maria Clara e os pais visitaram os atletas na concentração e ainda visitaram o Instituto Benjamin Constant, na Urca. No sábado, o trio acompanhou o treino nas Laranjeiras e, segundo a página do clube, o encontro emocionou quem estava nas sociais.

Fred declarou ao site do clube que atender ao pedido da menina representaria um dia inesquecível para Maria Clara, mas que o privilegiado era ele. “De vez em quando acontecem coisas como essa em nossa vida. Temos apenas que agradecer todo esse carinho. É um prazer receber ela e seus pais aqui no Fluminense”, comentou o jogador, depois de entregar à menina uma camisa 9 com seu nome às costas escrito em braile.
Maria Clara e Fred, antes da partida contra o Vasco, no Engenhão (foto:reprodução TV Globo)

Maria Clara e seus pais depois do treino do Fluminense, nas Laranjeiras (foto:site Fluminense)

sábado, 26 de novembro de 2011

RIO CONHECE HOJE A MARCA DOS JOGOS PARAOLIMPICOS 2016

Renato Landim

O Rio de Janeiro vai conhecer hoje a logomarca dos Jogos Paraolímpicos Rio2016, que irá acontecer na cidade. O anúncio será feito em um dos cartões-postais da cidade, a Lagoa Rodrigo de Freitas, às 20h. A cerimônia será exibida ao vivo pelo site http://www.rio2016.com/.

Além disso, o evento vai marcar a adoção do termo Paralímpico nos comunicados do Comitê Paraolímpico Brasileiro, em uma ação alinhada com outros organismos internacionais. De acordo com o CPB, a orientação partiu do Comitê Paraolímpico Internacional e a mudança será de forma natural, incluindo o lançamento do novo portal.

RIO LANÇA HOJE CALENDÁRIO SOLIDÁRIO

Renato Landim

O calendário Happy Down 2012 será lançado logo mais no Rio de Janeiro, às 18:30h, na Livraria Cultura, dentro do São Conrado Fashion Mall.

Com o valor arrecadado com os calendários, o lucro será destinado ao Grupo Síndrome de Down da Associação de Voluntários do Hospital Infantil Darcy Vargas, que presta auxílio a cerca de 120 famílias carentes.

De acordo com os organizadores, esta edição contou com a participação de grandes nomes da televisão juntamente com crianças com Síndrome de Down. O objetivo é abordar a importância do respeito à diversidade humana.
convite do evento

“LEONEL PÉ DE VENTO” DESPEDE-SE ESTE FIM DE SEMANA NO RIO

Renato Landim

Termina neste fim de semana a temporada da peça infantil “Leonel Pé de Vento”, em cartaz no Oi Futuro, do Flamengo. Na sessão deste sábado, dia 26, serão disponibilizados os recursos de audiodescrição para os deficientes visuais e intérpretes de libras para os deficientes auditivos. Com texto de Jair Giacomini e Tarcísio Puiati e direção de João Batista, a peça conta a história de Leonel que só vive flutuando e não pisa no chão. Dessa forma, ele é confundido com pássaros e também com assombrações.

O elenco do infantil traz Graciela Pozzobon, Roberto Souza, Alexandre Davi, entre outros. A peça começa às 16h e custa R$10,00. O Oi Futuro fica na Rua Dois de Dezembro, 63, no Flamengo, local totalmente acessível.

cartaz da peça Leonel Pé de Vento, no Oi Futuro,, no Flamengo

quinta-feira, 24 de novembro de 2011

"EMILINHA E MARLENE" COM ÁUDIODESCRIÇÃO PARA CEGOS

Renato Landim

Os deficientes visuais terão mais uma oportunidade de acompanhar o musical Emilinha e Marlene – as rainhas do rádio, no Teatro Maison de France, com o sistema de áudiodescrição. O espetáculo será nesta sexta-feira, dia 25, às 19:30h e o ingresso custa R$30,00, em promoção estendida também para o acompanhante do deficiente, segundo informa a produção da peça.  Depois dessa sessão, a próxima com esse recurso vai acontecer no dia 9 de dezembro, antes do término da temporada. O endereço é Av. Presidente Antônio Carlos, 58, Centro.

No palco, as atrizes Vanessa Gerbelli e Solange Badin interpretam as duas estrelas da época de ouro do rádio, principalmente da Rádio Nacional. A rivalidade que marcou a carreira das cantoras é tanta que os ingressos para a peça são vendidos para dois setores distintos: os fãs de Emilinha Borba e de Marlene.

Além da dupla, compõem o elenco Stella Maria Rodrigues, Ângela Rebello, Rosa Douat, Cristiano Gualda, Luiz Nicolau, Ettore Zuim, Mona Vilardo e Cilene Guedes, acompanhados pelos músicos Affonso Neto (bateria), Clay Protásio (baixo), Jonas Corrêa (trombone), Eduardo Santana (trumpete) e Gabriel Gabriel (saxofone).
Cartaz da peça Emilinha e Marlene, no Maison de France (foto:divulgação)

terça-feira, 22 de novembro de 2011

DEFICIENTES VISITAM OBRAS DO METRÔ 4

Renato Landim

Um grupo de vinte deficientes físicos visitou neste domingo o canteiro de obras da Linha 4 do Metrô. Eles conheceram os cerca de mil metros de túneis escavados e o trajeto traçado, que, segundo o Governo do Estado, deve ficar pronto até 2015. A visita fez parte do programa de passeios guiados aberto ao público sempre no último domingo de cada mês, e esta foi a primeira em que os deficientes foram contemplados.

De acordo com o site do Governo do Rio, o engenheiro da Secretaria de Transportes, Luiz Moreira, responsável pela fiscalização da obra, disse que o objetivo é antecipar para população a preocupação com o tema da acessibilidade. Segundo ele, as estações da Linha 4, que compreende Jardim Oceânico, São Conrado, Gávea, Antero de Quental, Jardim de Alah e Nossa Senhora da Paz, vão receber calçadas acessíveis,, elevadores para transporte de cadeirantes e plataforma de embarque e sinalizadores para deficientes auditivos.

Ao site do Governo do Estado, a coordenadora administrativa regional da Associação de Pais, Amigos e Pessoas com Deficiência do Banco do Brasil, Nives Porto, que assistiu ao grupo, disse acreditar que o exemplo do Metrô Rio deve ser seguido por outras empresas. “Esse olhar de sensibilidade do Metrô é incrível, é muito bom saber que eles têm a preocupação de melhorar a qualidade de vida dessas pessoas”- comemorou Nives.

Portadora de Síndrome de Down, Fernanda Honorato disse ter ficado impressionada com o que viu e acredita que as obras vão facilitar a locomoção de pessoas com deficiência. “Acho muito interessante poder conhecer o canteiro. Moro na Tijuca e o metrô é meu principal meio de transporte. Com a Linha 4, muito mais gente vai usar, e é bom saber que as dificuldades vão diminuir”- revelou.

terça-feira, 15 de novembro de 2011

PORTADORES DE DOWN AUXILIAM EM CAMPANHA DE TRÂNSITO SEGURO EM MACAÉ

Renato Landim

Integrado por portadores de Síndrome de Down, o Grupo Teatro Novo, de Niterói, participou da Semana de Trânsito Macaé. Trajados com coletes de operadores de tráfego da Prefeitura, eles atuaram nos principais sinais de trânsito da cidade, simulando situações de perigo ao volante, salientando sobre os riscos de desrespeito às leis.

Quando o sinal vermelho acendia, o grupo entrava em ação usando faixas alusivas a segurança no trânsito e, com apitos, chamavam atenção para a campanha. Os esquetes ressaltavam a importância para o uso de capacete por motociclistas e, com uma alegoria simulando uma garrafa de cerveja, uma atriz fazia sinais aos motoristas, advertindo-os para os riscos de misturar bebida e direção.

Além disso, a campanha de conscientização incluía a distribuição de panfletos aos motoristas e alertava para a necessidade do cinto de segurança. A maioria dos motoristas recebia com simpatia aos portadores de Síndrome de Down e concordava com o foco da campanha.

Veja o vídeo da campanha

sábado, 12 de novembro de 2011

PROBLEMAS DE AUDIÇÃO SÃO DETECTADOS EM CRIANÇAS DE ESCOLAS PÚBLICAS DO RIO

Renato Landim

40% das crianças nas escolas da rede pública do Estado apresentam problemas de audição. O levantamento foi feito pela Universidade Federal Fluminense  (UFF) junto a 149 crianças, de acordo com o otorrinolaringologista Rafael Telles, pesquisador da instituição. Do total, 56% não apresentaram nenhum tipo de alteração e em 4% ficou constatada surdez. Segundo o médico, é preciso realizar ações para promover a saúde auditiva para identificar de forma precoce os problemas de surdez.

Os dados foram apresentados durante audiência pública na Assembleia Legislativa, promovida pela Comissão de Saúde da Casa. O presidente da Comissão, deputado Bruno Correia (PDT) destacou que, com esses dados, será preciso elaborar políticas públicas para combater o problema. O parlamentar frisou que vai enviar um relatório do encontro para a Secretaria de Saúde e espera que o Estado tenha ações para ajudar no diagnóstico dos problemas auditivos infantis.

sexta-feira, 11 de novembro de 2011

“NOSSO LAR” PARA DEFICIENTES AUDITIVOS E VISUAIS

Renato Landim

“Nosso Lar” é a atração deste sábado e domingo, às 16 horas, na mostra Cinema Nacional Legendado e Audiodescrito, do Centro Cultural Banco do Brasil. Na sessão de amanhã, o CCBB oferece transporte gratuito com saída às 15h do CMS Professor Masso Couto, que fica na rua Carlos Pontes, s/nº, em Sulacap.

Uma das maiores bilheterias do cinema brasileiro, “Nosso Lar” tem temática espírita e foi dirigido por Wagner de Assis e traz no elenco Renato Pietro, Fernando Alves Pinto e Othon Bastos, entre outros. A entrada é franca, mediante retirada de senhas, a partir de uma hora antes do início do filme.
Cartaz do filme Nosso Lar

quinta-feira, 10 de novembro de 2011

WORKSHOP DE DANÇA INCLUSIVA EM NITERÓI

Renato Landim

O projeto Niterói Encontro com América do Sul vai contemplar também a acessibilidade. São dezenas de atividades gratuitas espalhadas pela cidade até o dia 26 deste mês.

Na próxima quarta-feira, dia 16, está programado um worshop de dança inclusiva. As vagas são limitadas e o evento vai acontecer na sede da Associação Niteroiense dos Deficientes Físicos (Andef), em Rio do Ouro, entre 13h e 20h.

PROJETO NA BAIXADA DOA 40 CADEIRAS DE RODAS

Renato Landim

A Prefeitura de Japeri, na Baixada Fluminense, firmou parceria com a Associação de Assistência à Criança Deficiente (AACD), de Nova Iguaçu, para um projeto de doação de 40 cadeiras de rodas para pessoas com deficiência ou pessoas com dificuldade de locomoção, além de outros equipamentos como próteses, andadores e cadeiras para banho. A proposta é avaliar cada caso e viabilizar a doação através do Sistema Único de Saúde. O equipamento doado sai com nota fiscal em nome do paciente.

Um dos responsáveis pelo atendimento, o médico fisiatra Nelson Kagohara explicou que os pacientes preencheram uma ficha com dados pessoais e depois passavam por avaliação médica. Ele salientou a importância de a cadeira de rodas ser sob medida, pois proporciona conforto e previne problemas de postura.

Os interessados em obter uma das cadeiras de rodas do programa podem fazer cadastro na Coordenadoria de Integração Social de Japeri, que fica na rua Rosário Loureiro, 137, no Centro. O atendimento acontece de segunda a sexta, das 9 às 17h e deve ser levadas cópias de identidade e CPF, além de comprovante de residência, cartão do SUS e laudo médico com a prescrição do equipamento a ser utilizado. Outras informações podem ser obtidas pelo telefone 2670-3002. A data da entrega dos materiais será agendada em breve.

Atendimento para receber uma das 40 cadeiras de rodas em parceria com Prefeitura de Japeri e a AACD (foto:divulgação)

quarta-feira, 9 de novembro de 2011

CENTRO DO RIO GANHA ONZE RAMPAS DE ACESSO

Renato Landim

O Centro foi o ponto de partida de um programa da Prefeitura do Rio que prevê acessibilidade nas calçadas da cidade. Na região serão implantadas 11 rampas na entrada do Campo de Santana e na Avenida Presidente Vargas, entre as ruas de Santana e General Caldwell. Além das rampas, os serviços incluem a construção de piso tátil para facilitar o deslocamento de pessoas com deficiência e faixas lisas para cadeirantes, além de correção de meio-fio. De acordo com a Secretaria de Conservação, o tarabalho deve ser concluído em 40 dias.

O programa será estendido aos demais bairros da cidade, incluindo Tijuca, Ipanema, Lagoa e Copacabana, onde serão reformadas as rampas da Avenida Nossa Senhora de Copacabana e retirados os degraus na lateral das rampas. Nas zonas Norte e Oeste, os contratos de revitalização estão fase de licitação. O secretário de Conservação e Serviços Públicos, Carlos Roberto Osório, revelou que a Prefeitura vai passar a aproveitar a manutenção regular da cidade para expandir a acessibilidade nas vias.

segunda-feira, 7 de novembro de 2011

CAMPANHA DIA DE SONHO SUPERA EXPECTATIVA

Renato Landim

Em três dias  foram vendidos 500 mil sonhos na campanha promovida pelo Instituto Superar em parceria com o Supermercado Prezunic. Após quatro edições foi ultrapassada a marca de um milhão de sonhos, cuja renda será revertida integralmente para as obras de construção do centro de treinamento paraolímpico, localizado em Guaratiba, zona oeste do Rio de Janeiro.

O CT Superar pretende oferecer condições adequadas de preparação dos paradesportistas brasileiro. Nesta edição da campanha, os organizadores estenderam o auxílio a outras entidades fora do âmbito esportivo. Foram contempladas com doações de anônimos e de empresas, grupos como a Sociedade Viva Cazuza e a Associação de Moradores do Vidigal.


Wanderson "Robinho", do Fut7, foi um dos atletas que participaram da campanha o "Dia do Sonho".(foto:divulgação)


FESTIVAL VILLA LOBOS INTEGRA DEFICIENTES AUDITIVOS

Renato Landim

O Instituto Nacional de Educação de Surdos vai participar. pela primeira vez, do Festival Villa Lobos. A edição de 2011  acontece entre os dias 11 e 27 deste mês. No Ines serão realizadas as Oficinas de Formação em Música de Câmara e as séries Mestre em Cena e Movimento de Câmara.

O evento vai contar ainda com a mostra de filmes Cine Brasil Música com obras legendadas em português para atender aos deficientes auditivos. No sábado, dia 12,  está programado Clementina de Jesus:Rainha Quelé, do diretor Werinton kernes. No dia da abertura do Festival, a diretora do Ines, Solange Rocha, vai lançar o DVD Música Brasileira em Língua de Sinais. O Festival Villa Lobos é gratuito e aberto ao público.

RIOTUR GARANTE QUE SAMBÓDROMO VAI PRIVILEGIAR ACESSIBILIDADE

Renato Landim

As obras de reformulação do Sambódromo vão suprir a demanda de acessibilidade. A afirmação é do presidente da Riotur, Antônio Pedro, durante entrevista na semana passada. Segundo ele, os setores pares que serão inaugurados vão disponibilizar 2400 lugares, já incluindo os espaços para deficientes físicos.

O dirigente disse ainda que o Sambódromo fica pronto nos últimos dias de dezembro e a inauguração será no dia 8 de janeiro. De acordo com a Riotur, a Passarela do Samba vai comportar 72,5 mil pessoas, superando os 60 mil lugares da antiga construção.

NITEROI RECEBE PEÇA INCLUSIVA

Renato Landim

O espetáculo teatral “Ninguém mais vai ser bonzinho”, apresenta-se nesta terça-feira, em Niterói, de graça. A peça conta com acessibilidade na comunicação, como legenda eletrônica, intérpretes de Libras, programas com letras ampliadas, audiodescrição, além de atendimento prioritário para pessoas com deficiência ou mobilidade reduzida.

Em Niterói, a peça será encenada, às 10h, no Colégio Estadual José Bonifácio, que fica na rua Dr. Carlos Maximiliano, nº20-Fonseca. Destacando situações do dia a dia e, com humor, a peça tem como elemento central a urgência em se promover uma sociedade inclusiva, da conscientização à ação. O espetáculo é baseado no livro homônimo de Claudia Werneck, fundadora da Escola da Gente. No dia 24, haverá montagem em São Gonçalo.

sexta-feira, 4 de novembro de 2011

COMEÇA CAMPANHA “DIA DE SONHO”

Renato Landim

Já está lançada a 4ª etapa do Dia de Sonho, promovido pelo Instituto Superar e o supermercado Prezunic. De hoje a domingo, basta se dirigir a qualquer loja da rede e adquirir um sonho, por R$0,99, cuja renda será revertida para as obras de construção do 1º centro paradesportivo da América Latina, em Pedra de Guaratiba, zona oeste do Rio de Janeiro.

Quem preferir, de forma antecipada, pode adquirir vales-sonhos com quatro unidades ao preço de R$3,96 e depois entre os dias 7 e 27 de novembro, basta trocá-los em um das lojas do supermercado. Além disso, o Instituto Superar elaborou uma forma de as empresas poderem participar, criando kits que variam de 25 a mil vales, a partir de R$ 99,00. De acordo com a instituição, nas três edições anteriores da campanha foram vendidos 874.172 sonhos, enquanto que a obra do centro esportiva já se encontra 50% construída.
Logomarca da campanha "Dia de Sonho"

terça-feira, 1 de novembro de 2011

“DIA DE SONHO” VOLTA ESTE FIM DE SEMANA

Renato Landim

Neste fim de semana acontece a 4ª etapa do Dia de Sonho, promovido pelo Instituto Superar e o supermercado Prezunic. Entre os dias 4 e 6, basta se dirigir a qualquer loja da rede e adquirir um sonho, cuja renda será revertida para as obras de construção do 1º centro paradesportivo da América Latina, em Pedra de Guaratiba, zona oeste do Rio de Janeiro.

Quem preferir, de forma antecipada, pode adquirir vales-sonhos com quatro unidades ao preço de R$3,96 e depois entre os dias 7 e 27 de novembro, basta trocá-los em um das lojas do supermercado. Além disso, o Instituto Superar elaborou uma forma de as empresas poderem participar, criando kits que variam de 25 a mil vales, a partir de R$ 99,00. De acordo com a instituição, nas três edições anteriores da campanha foram vendidos 874.172 sonhos, enquanto que a obra do centro esportivo já se encontra 50% construída.

Folder da campanha Dia de Sonho