Loading...
NOSSA PROPOSTA

Este blog é uma realização de jovens jornalistas da Universidade Salgado de Oliveira, em Niterói, trazendo o que acontece na cidade e adjacências nas áreas de educação, moda, cultura, lazer, esportes, política, economia, responsabilidade social e temas da atualidade, destacando o jornalismo comunitário.

Pesquisar este blog

quinta-feira, 28 de julho de 2011

NA PAUSA DO FUTEBOL, ATLETAS DEFICIENTES VISUAIS BUSCAM SUPERAR DESAFIOS

Renato Landim

 
O público que foi nesta quarta-feira ao Engenhão acompanhar a partida entre Botafogo e Avaí, válida pelo Campeonato Brasileiro, pôde testemunhar o Desafio dos Recordes, reunindo atletas com deficiência. O evento integra a parceria entre o Instituto Superar e o Botafogo Futebol e Regatas, que até o momento soma quarenta e sete atletas, conquistando 23 medalhas de ouro em Jogos Paraolímpicos e Campeonatos Mundiais.

Disputada no intervalo do jogo, os cerca de sete mil torcedores acompanharam a prova dos 100m rasos dos deficientes visuais. Entre os homens, Lucas Prado, Daniel Silva, Claudemir dos Santos e Giovanni Eschenazi tentaram quebrar o recorde mundial que era do próprio Lucas de 11s03. Ele venceu a prova com o tempo de 11s69. Quebrar o recorde foi o menos importante para o atleta. Lucas Prado salientou que eventos como o do Engenhão são importantes para o desenvolvimento do paradesporto no país.

Entre as mulheres, Terezinha Guilhermina esteve perto de quebrar sua própria marca. Ela competiu até mesmo com a própria irmã e venceu a prova com o tempo de 12s46, enquanto seu melhor tempo registra 12s04.

Atletas que participaram do Desafio dos Recordes, no Engenhão (foto:divulgação)

Nenhum comentário:

Postar um comentário