Loading...
NOSSA PROPOSTA

Este blog é uma realização de jovens jornalistas da Universidade Salgado de Oliveira, em Niterói, trazendo o que acontece na cidade e adjacências nas áreas de educação, moda, cultura, lazer, esportes, política, economia, responsabilidade social e temas da atualidade, destacando o jornalismo comunitário.

Pesquisar este blog

sábado, 10 de setembro de 2011

SECRETARIA VAI CONTINUAR BLITZS PELA CIDADE EM DEFESA DE VAGAS PARA DEFICIENTES

Renato Landim

A Secretaria Municipal da Pessoa com Deficiência do Rio confirmou que vai repetir em outras áreas da cidade as blitzes em estacionamentos de vias públicas com vagas destinadas a pessoas com deficiência. Na quinta-feira passada, equipes da secretaria e da Guarda Municipal realizaram duas operações no Centro e no Largo do Machado. O objetivo da medida era verificar se os motoristas estão respeitando as vagas.

No Centro, a operação foi concentrada nas ruas México e Senador Dantas, além da Avenida Rio Branco. Na região, os veículos portavam a credencial que permite o estacionamento nessas vagas. Depois, as equipes se dirigiram ao Largo do Machado, onde um veículo, sem a devida habilitação, estava parado numa vaga exclusiva para deficientes. Segundo reportagem da rádio CBN, o carro ainda estava estacionado sobre a “zebra”, uma área que permite o acesso e a saída dos cadeirantes ao seu veículo. Ao perceber que estava sendo alvo das emissoras de TV, o motorista demonstrou irritação, discutiu com jornalistas que registravam a cena e com os guardas. Ao sair da vaga, ele não colocou o cinto de segurança, o que lhe valeu outra multa, além da de estacionar em local irregular.

No comando da operação, a secretária da Pessoa com Deficiência, Georgette Vidor, destacou que é preciso fazer valer os direitos dos deficientes. Segundo ela, é importante que a população entenda a necessidade de respeitar o próximo e defendeu que a multa aos infratores seja mais elevada.

A lei 10.098/2000 garante às pessoas com deficiência o direito ao uso de vagas preferenciais de estacionamento, sendo destinados 2% do total de espaços. Esse ano, a Guarda Municipal aplicou 1.601 multas a motoristas que estacionam em vagas para os deficientes, enquanto que no ano passado, foram 1.729 multas. O Código de Trânsito Brasileiro prevê que o motorista que cometer essa infração receba multa de R$53,20, além de perder 3 pontos na carteira de habilitação.
Georgette Vidor acompanha de perto a blitz contra estacionamento irregular nas ruas do Rio(foto:assessoria de comunicação)

Nenhum comentário:

Postar um comentário